22 Mai 2020

SOS Vila Torres estende projeto para outras áreas de vulnerabilidade em Curitiba

"Solidariedade Gera Solidariedade” arrecadará produtos essenciais para famílias que sofrem com os impactos do coronavírus

Doação feita para Associação Missão para o Mundo (AMIM), que atende imigrantes haitianos em São José dos Pinhais.

Logo no início das medidas de isolamento social em Curitiba, a Província Marista Brasil Centro-Sul, o Grupo Marista e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) uniram-se ao Padre Joaquim Parron e à Associação de Moradores da Vila das Torres, para organizar uma campanha de arrecadação de alimentos, produtos de higiene e limpeza para os moradores da região. A ação atendeu mais de 1.800 famílias, com a doação de 6.460 kits.

Agora, a campanha entra em uma segunda etapa, chamada “Solidariedade Gera Solidariedade”. Nesta nova fase, além dos moradores da Vila Torres, famílias de outras áreas de vulnerabilidade em Curitiba também serão beneficiadas com a arrecadação de cestas básicas, itens de higiene e limpeza, principalmente aquelas que tiram seu sustento da reciclagem. Para isso, o projeto ganhou o reforço de novas parcerias com as Congregações Redentoristas, Filhas da Caridade, Bernardinas, Jesuítas e Franciscanos.

Com as medidas de prevenção contra o coronavírus diversas famílias foram afetadas, principalmente aquelas que vivem como autônomas e na informalidade, como os catadores de materiais recicláveis.
“Não podemos fechar os olhos para a realidade que vivemos. Então, assim como a mensagem central de Atos 10, 38, que diz ‘Ele passou pelo mundo fazendo o bem’, buscamos seguir os seus passos e ajudar quem mais precisa”, explica Ir. Rogério Renato Mateucci, pró-reitor de Missão, Identidade e Extensão da PUCPR.

Doações sem contato físico

SOS Vila Torres

Drive-thru montado para a arrecadação de alimentos e produtos de higiene e limpeza.

Um sistema de drive-thru foi montado próximo à comunidade Vila Torres para que as doações sejam recebidas, higienizadas e armazenadas com segurança e sem a necessidade de contato físico, seguindo as recomendações de isolamento social da Organização Mundial de Saúde (OMS). “A nossa preocupação é com o sustento das famílias nos próximos meses, já que não sabemos quanto tempo vai durar o isolamento ou a recuperação dos comércios”, destaca Simone Tavares Zucchi, do Observatório de Educação para a Solidariedade da PUCPR.

Para quem deseja doar sem sair do carro, basta se dirigir ao endereço onde funciona o drive-thru: Av. Comendador Franco, 1034. O atendimento é das 08h às 17h. Também é possível fazer contribuições financeiras por meio da conta corrente da APC – Associação Paranaense de Cultura (Caixa Econômica Federal | Operação: 003 | Agência: 3153 | Conta Corrente: 689-6 | CNPJ: 76.659.820/0001-51). Os recursos captados serão utilizados para comprar cestas básicas, itens de higiene e limpeza que serão direcionados às comunidades atendidas.

Informações corretas são essenciais

Além da arrecadação, está sendo produzindo o Informativo Solidário, para garantir que os moradores da região estejam corretamente informados sobre as medidas de prevenção e os benefícios a que podem ter acesso durante o período de isolamento.

O grupo oferece, também, ajuda para cadastro dos moradores elegíveis ao auxílio emergencial, em um posto de atendimento com 3 voluntários capacitados na comunidade. Todos os protocolos de segurança estão sendo seguidos.

SOS Vila Torres

Doação: alimentos, especialmente cestas básicas, produtos de limpeza e de higiene.
Local de entrega: Av. Comendador Franco, 1034 (drive thru).
Atendimento das 08h às 17h.
Doações financeiras: APC – Associação Paranaense de Cultura | Caixa Econômica Federal | Operação: 003 | Agência: 3153 | Conta Corrente: 689-6 | CNPJ: 76.659.820/0001-51.
Os interessados podem entrar em contato pelo WhatsApp 41 9 9106-9104.