28 Abr 2020

PUCPR promove iniciativas no combate ao coronavírus

De forma voluntária, docentes e acadêmicos confeccionam EPIs e álcool gel para doação

Estudantes e professores da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) estão se mobilizando para dar suporte à sociedade na prevenção e no enfrentamento ao Covid-19. De forma voluntária, diversas iniciativas surgiram na Universidade para a produção e distribuição de álcool gel e de equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais da área da saúde.

Desde segunda-feira (23/03), já saíram mais de 500 unidades de face shields e óculos de proteção do Labmaker, o laboratório de protótipos 3D da Escola de Arquitetura e de Belas Artes da PUCPR. Com apenas um voluntário trabalhando de forma isolada no local, por motivos de segurança, um equipamento é produzido a cada 2,5 minutos. O material será doado para o Hospital Universitário Cajuru e para o Hospital Marcelino Champagnat, que atendem casos suspeitos da doença. Devido a pandemia, a demanda por esses equipamentos aumentou. Em breve, doações também serão realizadas para o Hospital do Trabalhador.

“Estes materiais são recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e fundamentais para que os profissionais da saúde não fiquem expostos ao novo vírus e consigam seguir realizando seu trabalho no combate à doença “, explica Cristina Baena, professora da PUCPR e coordenadora do Centro de Estudo, Pesquisa e Inovação dos Hospitais do Grupo Marista (CEPI).

Já dos laboratórios do curso de Farmácia saem 35 litros de álcool gel por dia. Eficaz para a higienização e prevenção do coronavírus para colaboradores da PUCPR. Docentes e acadêmicos do curso de Enfermagem também estão trabalhando de forma voluntária na campanha de vacinação contra a gripe realizada pelo Ministério da Saúde, em Curitiba.

"Gostaria de louvar a participação dos professores e estudantes, demonstraram altruísmo, compreendendo que apesar dos desafios e adversidades da profissão, honram esta escolha. Está no DNA do enfermeiro o desejo de cuidar", comenta Ana Beatriz Rodrigues, coordenadora do curso de enfermagem da PUCPR.