28 Abr 2020

Média salarial de R$ 10,5 mil estimula o interesse na advocacia de Compliance

Segundo o Guia Salarial da Robert Half de 2020, valor é determinado pelo nível de experiência, tipo de contrato e tamanho da empresa.

O avanço da legislação em Direito Digital e de proteção de dados alavancou o segmento de prevenção de riscos no setor empresarial. Advogados especializados em compliance são disputados pelo mercado de trabalho porque atuam para normatizar as empresas e orientar a conduta ética em todas as etapas de produção ou prestação de serviço.

O pré-requisito para trabalhar como advogado especialista ou consultor jurídico especialista em Compliance é pós-graduação, depois de concluir essa etapa, um advogado júnior, em empresa pequena, conquista um salário médio de R$ 4 mil no Brasil. Com mais experiência, no nível sênior de uma empresa de grande porte, a remuneração pode chegar aos R$ 17 mil, de acordo com o levantamento do Guia Salarial da Robert Half de 2020. As áreas de Compliance e Direito Digital são setores promissores no país, um dos que mais forma profissionais de Direito no mundo (1 milhão e 100 mil em 2019), por isso os melhores profissionais são bastante disputados pelo mercado.

“Hoje a assessoria jurídica passa pela prevenção de riscos, prevenção de acidentes, no sentido de se atuar conforme a legislação. O compliance é a assessoria para que a empresa tenha essa normatização. Na área trabalhista, quando se tem uma política de compliance, com um código de conduta empresarial, tanto para as relações internas quanto para terceiros, a empresa passa a ser melhor observada pelos órgãos fiscalizatórios, como o Ministério Público do Trabalho, pois demonstra preocupação com o bem estar do trabalhador. É o cumprimento de suas obrigações e a garantia de um meio ambiente saudável para os próprios colaboradores”, afirma Cláudio Rogério Teodoro de Oliveira, coordenador do curso de Especialização em Direito Digital e Compliance da Pontifícia Universidade Católica (PUCPR) de Maringá.

De forma concreta minimizam-se os riscos financeiro e jurídico; a empresa ganha em imagem, na produtividade e na satisfação dos colaboradores que atuam com mais segurança. O compliance tem impacto direto na melhor entrega de resultados, na transparência de objetivos e acesso às regras mais claras que proporcionam conformidade com a legislação, além de prevenir o ajuizamento de ações e perdas financeiras.

Formação

A PUCPR Câmpus Maringá oferece o curso de Especialização em Direito Digital e Compliance para advogados profissionais e recém-formados para atuar como colaboradores de uma organização ou prestadores de serviço. O programa na modalidade presencial é também direcionado a profissionais de tecnologia para atualização e qualificação de conhecimentos na área de inovação e proteção de dados.

Curso de Especialização em Direito Digital e Compliance

Local: PUCPR Câmpus Maringá
Modalidade Presencial com duração de 18 meses
Início das aulas: 25 de abril (Sextas-feiras das 19h às 22h e sábados das 8h ao meio-dia)
Informações e inscrições: https://bit.ly/2VEXsf5